Vídeo da sessão da tarde na Casa Grande de Vilancosta (Berres, A Estrada), morada da família Valladares e dos seus descendentes até hoje. O programa realizou-se a partir da música para guitarra conservada no arquivo familiar, um dos maiores e melhor conservados arquivos musicais da Galiza, com obras da primeira metade do s. XIX. O evento foi organizado pela A.C. O Galo (Compostela) em colaboração com a A.C. Vagalumes (A Estrada).

A música começa no min. 18:10h. Antes há uma explicação do contexto e da família Valladares.

 

 

Sábado 21 de julho de 2018.

Sala da Música. Casa Grande de Vilancosta. 18h.

Programa  

- Breve explicação da família Valladares na música. Contexto e atividades.

- Recital de obras do Arquivo Valladares:

Duas Valsas

Andante com variações do Maestro Naya

Variações para guitarra

Três rigodões

Dancita por Avelina Valladares

Valsa por Marcial Valladares

Alvorada e Moinheira

Duração aproximada: 1h.

Guitarra e explicações: Isabel Rei Samartim.

 

 

Abertura do III Congresso Internacional de Estudos Celtas
Suite Céltica para guitarra, por Isabel Rei Samartim


Na abertura do III Congresso Internacional de Estudos Celtas realizado em Narão, Galiza, em 15 de abril de 2011, soou uma obra musical para guitarra composta para a ocasião. A Suite Céltica é uma reunião de sete peças arranjadas para guitarra clássica, construídas sobre canções populares ou popularizadas de alguns países celtas: Irlanda, Ilha de Man, Escócia, Gales, Cornualha, Bretanha, Portugal e Galiza, que serviram de fio condutor de uma obra que descumpre as condições da Suite no seu sentido clássico, pois não mantém a mesma tonalidade em todas as peças, nem alude aos mesmos motivos musicais, nem o conjunto é produto de um único autor/adaptador. Porém, na minha opinião é essa confluência de elementos diversos a que melhor representa a ideia da celticidade latente nos moradores do atlântico. [...]

Suite Céltica (pdf)

Atas completas do Congresso "Os Celtas da Europa Atlântica" (pdf)

 

 

 

Uma das atuações de Isabel Rei Samartim no Centro de Congressos da Câmara Municipal de Portalegre. Espetáculo inserido no Festival da Cultura Lusófona. Também disponível no Meo Kanal 972748 10-06-2015

 

Recital Portalegre 2015 from Isabel Rei Samartim on Vimeo.

O Governo Regional da Madeira patrocinou este videoclip gravado no Funchal em outubro de 2014. A obra é uma valsa para machete (cavaquinho madeirense) pertencente à Coleção de Peças para Machete de C. Drumond de Vasconcelos (1846/2009):

 

 

Diário de Notícias dnoticias.pt

 

Do recital que teve lugar o 30 de abril de 2014 onde se tocou música de dous guitarristas galegos, R. Guterres-Parada e L. E. Santos Sequeiros.

Luís Eugénio Santos Sequeiros (Póvoa 1909 - Cangas 2012) foi um médico e guitarrista galego que teve a sua atividade musical na vila de Cangas do Morraço, Galiza.

 

 

Gravação analógica dos cinco prelúdios de Heitor Villa-Lobos, no auditório do Conservatório Profissional de Santiago de Compostela, 2007.

 

 

Uma das sete peças que integraram a Suite Céltica tocada no III Congresso Internacional de Estudos Célticos, abril 2011, Narom, Galiza. É a conhecida melodia popular escocesa no arranjo do maestro David Russell.

 

 

Duas peças da Suite Rianjeira composta por Isabel Rei sobre temas populares galegos, da vila de Rianjo. Foi gravada em 2008 no auditório do Conservatório Profissional de Música de Ourense (Galiza).

 

 

Fragmentos da estreia da Suite Deu-la-deu, composta em 2008 pelo compositor galego Rudesindo Soutelo para a Sessão Inaugural da Academia Galega da Língua Portuguesa (AGLP). O evento teve lugar o dia 6 de outubro de 2008 no auditório do Centro Galego de Arte Contemporânea (CGAC), em Santiago de Compostela, Galiza.