Artigo no Anuario Brigantino do ano 2020, apresentado em 15 de outubro de 2021.

Também pode ler-se aqui.